segunda-feira, 11 de julho de 2011

9 e 10 - Julho 2011

Fim de semana pouco normal para a Rota da Bola de Berlim. Com a realização de um passeio nocturno organizado pelos BTTretas no Sábado à noite, seguido de churrascada, o Domingo de manhã registou a falta de comparência da grande maioria dos amigos do pedal.
Sobre o nocturno pouco sei pois não participei. No entanto pelas fotos recebidas, parece não ter corrido mal, principalmente na vertente gastronómica. O passeio, ao que parece, foi ligeiro, mas azarado para um dos elementos dos Tretas que caiu, foi ao hospital, mas ainda voltou a tempo de participar no churrasco de braço ao peito. Os participantes dividiram-se entre elementos dos BTTretas, do BTT Clube de Lourel, da Sintra Bike e, claro da Rota da Bola de Berlim, representada pelo José Santos, Zé Lucas e Jean-Pierre.
Domingo de manhã, o ponto de encontro do costume apresentava-se deserto. Apenas compareceram o David, eu (JP) e um pouco mais tarde o Georges Gonçalves. Após uma breve espera e não havendo mais elementos à vista, lá nos fizemos à serra de Sintra, desta vez pelo lado sul, com passagem pelos depósitos de agua de Ouressa, Casal de S. José, Vale Flores, Linhó, Lagoa Azul e subida dos Jipes ou Madeireiros.
Sempre com o Georges a bombar na conversa, como de costume, seguimos pelos trilhos paralelos à estrada e percorremos os singles que levam à zona da lagoa perto dos Capuchos. Um deles, antigamente um autêntico túnel verde, apresenta-se completamente despido de vegetação baixa o que lhe dá um aspecto no mínimo estranho. Como havia alguma pressa de chegar a casa, regressámos a Sintra descendo a encosta norte e seguindo pela estrada de Monserrate até ao topo das escadas da Piriquita. Enquanto eu fui aos travesseiros, o Georges e o David desceram as escadarias até ao largo do palácio de onde regressámos à base bastante cedo, 11:00h, mas mesmo assim com 32 Kms nas pernas. Para a semana há mais, de preferência com mais companhia.

Em adenda ao post de ontem, aqui ficam dois dos "culpados" pela ausência de pessoal para pedalar no Domingo de manhã:

Pedro Pais e Fernando na companhia da Super Bock e da Sagres.

2 comentários:

Pedro disse...

quando há um passeio dos tretas com gastronomia,normalmente aconte isso,no dia a segui, í a minha cabeça.
Como sempre adorámos a vossa companhia

Rota da Bola de Berlim disse...

Deve ter sido violento! Até baralha a escrita... Apesar de ter ficado com pena, acho que fiz bem em não ir. Neste momento não estou em condições de saúde para me meter em petiscadas. Só a partir Agosto. Até lá tenho que ter juízo...